Moda

Ver outras notícias

Christian Louboutin organiza torneio de Bike Polo para apresentar seu novo sneaker Aurelien

Em Florença, o designer francês Christian Louboutin se uniu aos nomes mais conceituados do universo de moda masculina com seu primeiro projeto especil para a 92a edição da Pitti Uomo. Para celebrar a ocasião, a histórica Piazza Santa Maris Novella se tornou arena para um dia eletrizante de torneio de Bike Polo que reuniu oito times internacionais , representando a França, Alemanha, Hong Kong, Itália, Japão, Inglaterra e os Estados Unidos. Cada um dos times calçava uma versão do novo modelo de sneaker Aurelien, da coleção Outono Inverno 2017.

 

Convidados especiais, entre eles o CEO da Pitti Immagine, Raffaello Napoleone , se uniram a Louboutin para um dia inteiro de programação, desde a cerimônia de abertura a uma disputada final entre o time italiano, Treee, e os americanos Gnarcats . Os italianos Enrico Pancera, Edoardo Oboe e Edoardo Noro venceram a competição e levaram o prêmio: um troféu customizado e uma viagem para o torneio 2017 Hardcourt Bike Polo, que acontece este ano em Kentucky nos Estados Unidos.

 

“Descobri o Bike Polo através de conhecidos em Paris, amigos dos nossos times. Eu amo a paixão que eles transmitem. Realmente admiro as pessoas que têm esta paixão e a diciplina que as permite fazer do esporte suas vidas",  diz Christian Louboutin sobre sua inspiração para o projeto, que vem alinhado ao seu apoio ao a delegação cubana nas Olimpíadas de 2016 no Rio. Na ocasião, Louboutin colaborou com seu amigo Henri Tai, da SportyHenri.com, para criar os uniformes usados pelo time para a cerimônia de encerramento dos jogos.

 

Ainda com essência underground , o Bike Polo  possui mais de 450 times, milhares de jogadores ao redor do mundo e reúne uma comunidade motivada pela paixão pelo esporte, companheirismo e competição. Cada time é formado por três jogadores em suas bikes, que tem como objetivo acertar a bola no gol do oponente usando um taco de madeira, assim como no polo tradicional.

 

Cada trio calçou uma cor do sneaker Aurelien, customizados nas fábricas florentinas de Christian Louboutin exclusivamente para a competição. Com uma construção complexa o modelo é inédito no universo dos calçados. Uma mistura criativa entre o artesanato italiano e uma tecnologia inovadora de alta resolução, cada sneaker leva dois dias inteiros para ser produzido, com 50 elementos compondo o corpo e sola de um único pé; 100 para o par. Uma espécie de meia vermelha no interior do tênis acomoda o pé, garantindo o conforto e permitindo que o mesmo seja usado sem que os cadarços estejam amarrados – em um discreto fashion statement.

Fonte: assessoria

Gostou? Então compartilhe: